Pra fazer uma “piñata”

Meses e meses depois…

Vou contar como fiz a famosa piñata do aniversário da Laura. Primeiro de tudo: procurei um vídeo no YouTube pra ver como que faz (segue abaixo o vídeo que eu assisti com um passo a passo detalhado) e daí fui atrás dos “ingredientes”, rsrs.

pinhata_1

Marido enchendo o bexigão, Lalá e os jornais (não usamos tudo isso, um tantinho é suficiente), e dá-le picar jornal.

pinhata_2

Já com a bolota pronta, colando os cones de cartulinas e os papeis de seda. (obrigada por me super ajudar cunhis!)
pinhata_3 A criançada delirou…

Dale! Dale! Dale! No pierdas el tino. Porque si lo pierdes, pierdes el camino… Dale! Dale! Dale! Dale no le dio… quítenle la venda porque sigo yo!

pinhata_4Quando estoura a farra é ainda maior… Não esqueça de preparar bolsinhas para a criançada colocar os docinhos que elas conseguirem juntar.

Piñata é um costume mexicano para festas de aniversários, ela é o auge do evento… é diversão garantida!

7 anos Laurita “Cielito lindo” – Mexicana de adeveras!

A ideia era não fazer festa… estamos perto de viajar… Daí propus ao marido só um almocinho pra família… com um tema especial… Deu nisso!

lala7_1

lala7_11

México é um país especial em nossa família! Foi lá que fizemos faculdade, foi lá que conheci o Lucas e lá tivemos a Laura Amélie, nossa lindeza mexicana de alma e nascimento. Chegamos ao Brasil ela tinha apenas 4 meses de idade… e até hoje não conseguimos voltar lá… mas mesmo estando longe, o México vive no meio da gente. Tenho uma cunhada (a Liz, minha fotógrafa preferida que vocês já conhecem) e 3 sobrinhos mexicanos (Elion, Fabrizzio e Lizzy Madelynn). Duas de minhas melhores amigas também moraram lá e também tem filhos mexicanos… precisa explicar mais??? Festa mexicana era um tema perfeito para todos nós!

convite_7anoslala_internet

O convite. Na foto, El Sierro de La Silla, cartão postal da belíssima cidade de Monterrey, capital de Nuevo León, estado que a Laura nasceu. (foto: da minha amiga @liccizem, instagram) E “Cielito lindo” é uma música típica de mariachis (veja google), que fala de uma menina linda de olhos negros…

ERI_5677-66

No momento que comentei sobre o tema com minha sogra e com minhas amigas todas ficaram animadas e começaram a fazer suas contribuições… –Dé, encomendei na Docices umas trufas de mariachis para vc colocar no bolo!  (Perfeito!)  –Dé, eu tenho um chapéu e uns tecidos… (Super!) Cunhis, você me ajuda fazer os leques coloridos? (fez toda a diferença) Sara, arruma o vestido que ficou grande e me dá uma mãozinha no sábado a noite? (Tenho amigos pra tudo gente! Num posso reclamar!!!) Mano, você faz uns tamales??? (Não conhecemos ninguém aqui no Brasil que saiba fazer tamales, só ele!!!) Meninas, vocês podem trazer as crianças usando vestidinhos típicos? (Acredita que elas tinham?) e a festa foi tomando forma…

lala7_9

Bolo de chocolate da Bebel, nossa aprendiz de cozinheira preferida e trufas de MariachisDocices.

lala7_7

Katrin, Becca e Maitê, lindezas!

lala7_4

Biel e Fabrizzio, os paisanos da Laurita. Mexicanos de adeveras! (Eu aguento essas caras do Fá??? rsrs)

lala7_5

Bebel caprichando nas tranças da Maddy! Ninguém tinha desculpa de sair sem tranças!

lala7_6

Até piñata eu tive que aprender a fazer, acredita? E os amigos mexicanos perguntaram: Mas não tem piñata no Brasil, como não??? Lá, não é festa, sem piñata!

ERI_5786-131

E até Lola que não conhecia a brincadeira adorou!!!

lala7_2

Conseguimos algumas iguarias típicas das padarias… Parecem cupcakes, mas são Madalenas recheadas de doce de leite… tem no supermecado DIA%, da rua da nossa casa. Os churros são assados, e encontramos congelados no SAM’S Clube.

lala7_12

Orejas (bolachas da Palmirinha), também no DIA% e as Obleas foi nossa amiga Kelen que trouxe do México especialmente para a festa.

lala7_10

lala7_3

ERI_5725-96

A festa foi mesmo uma delícia… Aproveitamos para ficar nostálgicos, matar a saudade de comer algumas comidas típicas (guacamole, tamales, frijoles refritos, nachos, elotes e mucha salsa picante!!)

lala7_13

ERI_5580-8

tomar água de jamaica (tem receita, click aqui)

ERI_5909-203

cantar e rir muito!

ERI_5844-165

Eu também te amo, meu bombom!

ERI_5848-166

ERI_5849-167

Cantamos todos juntos Cumpleaños feliz e Cielito Lindo, ao som de autênticos mariachis. rsrs
ERI_5852-168

Foi tanta música, que a vela quase não aguentou esperar…

ERI_5860-171

E pra arrematar, ela mordeu o bolo, claro!!!

ERI_5576-6

De lembrancinha, cactus comprados no CEAGESP de Sorocaba. R$40 a caixa com 15 ou 12, não lembro bem… rs

todosFestaLala

Eu queria mesmo, era ter uma casa maior… pra caber mais gente! rsrs Quem sabe ano que vem?!?

ERI_5829-162

Acho que a Laurita ficou feliz!!! Num acham?

O vestido lindo foi presente da tia Fran, que comprou em Monterrey e a Kelen trouxe. Foi o toque especial amiga! Muitíssimo obrigada!!!

ERI_5934-223

É lindão, nós dois “fazedores” de meninos e de festa, estamos fritos! Ano que vem serão 3!!!
As fotos maravilhosas são da Lizzclick. Curte lá o Facebook dela!!! (click aqui)

Natal craft 2011


Decoração – Natal 2011

Parece que foi ontem que guardei a árvore de natal e todos os badulaques da decoração… e já tenho que tirar ela do esconderijo outra vez!!! Realmente esse ano passou voando!

Estou aqui tentando conseguir idealizar alguma decoração simples e linda pra esse ano, e não consigo parar de pensar no papel kraft… ai como amo o papel kraft!!! Vejo e revejo as fotos do nosso natal do ano passado, e gosto tanto… 

Usamos papel kraft para embrulhar quase todos os presentes e também de toalha de mesa. Pra complementar nossa “paper-decoration”, fizemos dobraduras com papel de seda e colamos sobre o papel kraft com spray mount*. (Uma gráfica ia jogar fora os papeis e eu guardei eles, pensando em usar algum dia… ta aí! usamos muito mesmo!) 

Aluguei 2 mesas retangulares, uni as duas formando um quadrado, e coloquei no espaço externo da casa.

O resultado final.

A vantagem de ter uma toalha de mesa de papel, é a praticidade de não ter que lavar toalhas manchadas…  

Lugares marcados com canetinha. 

A mesa de jantar e o aparador, viraram um grande buffet; sem os bancos, todos podiam circular livremente ao redor e se servir a vontade.

Mesa de buffet. (Comidas vegetarianas.)

Então… tá decidido que o papel kraft continuará seu reinado por aqui… mas concerteza faremos algo diferente com ele! Aguardem.

Minha família e eu. Natal 2011

Beijos

Curta A Beterraba no Facebook.

*Se você ama papel, como eu. Pra trabalhos onde se precisa colar papel sobre papel, ou sobre madeira… não há cola melhor! Spray Mount, click aqui.

Pão de Queijo BAIANO


Na Bahia, não há festa, aniversário, casamento, que se prese, sem essa iguaria gastronômica. Chamamos de pão de queijo, mas ele também é conhecido como Pão Delícia, (deu pra entender??? De-lí-ci-a). 

E como boa baiana, (baiana, sim Senhor! Ainda que alguns duvidem. rsrs) sou apaixonada por ele. 

Já ouvi dizer que andam fazendo ele colorido, nunca vi, mas achei interessante. Imagina aí, pãeszinhos rosa, amarelo, verde, azul???  Seria demais não?

Você pode acompanhar com um patê e vinagrete. (Fizemos o tomatinho picante, tem receita dele aqui.) 

AGORA, A RECEITA.

Ingredientes 

Massa 

  • 1 quilo de farinha de trigo
  • 4 ovos inteiros
  • 100 gramas de fermento fresco 
  • 1 lata de leite condensado
  • meio copo de óleo de soja
  • 1 copo de água morna
  • 1 colher de sopa de sal

Cobertura 

  • 150 gramas de margarina
  • 200 gramas queijo parmesão ralado

Modo de Preparo 

Bata no liquidificador, o leite condensado, a água morna, o óleo, o fermento, o sal e os ovos. São três minutos mais ou menos. Bata tudo até ficar uma mistura homogênea.

Depois misture a farinha de trigo e mão na massa. Depois de pronta, coloque a massa para descansar por uma hora. Ela deve estar tampada e não pode receber vento.

Hora de fazer as bolinhas. Unte as mãos. Antes de ir ao forno, o pãozinho deve descansar por mais uma hora. Cinco a sete minutos no forno a 180ºC e o pãozinho está assado. Para não deixar o fundo do pãozinho queimar, uma dica colocar uma assadeira na grade de baixo do forno.

Os ingredientes desta receita rendem uma porção de 100 pãezinhos.

Se fizerem, conta pra gente como foi e manda fotinho pra gente postar na Fanpage.

Curta A Beterraba no Facebook.

Bjs

Elina Isabel – 11 anos 


– Mamãe, posso chamar algumas amigas pra fazer cupcake no meu aniversário???

– Claro! 4 amigas, pode ser? –eu disse. 

E todo dia ela dizia:

– Posso chamar só mais uma? (rsrs)

Ela convidou 17! […]

O meu maior drama era que não ia caber todo mundo em casa… ainda mais que eu queria arrumar uma mesa grande, pra que todas pudessem sentar e brincar de confeitar os cupcakes… Daí acabei excluindo a família e os meus amigos… Mas não aguentei; um dia antes liguei pras vovós (que já estavam ficando tristinhas de não participar desse momento), as duas confirmaram que iriam vir NO MESMO INSTANTE e falei pra algumas cumadres, que poderiam ir às 17h, (o tempo certo das meninas terem confeitado e tirado fotos e todos já estariam mais relax…). Se não tiver lugar pra sentar, a gente fica em pé, apinhado, senta no chão, na escada… o importante é estarmos juntos!

Foi pela sua paixão pela culinária que surgiu a ideia da festinha: CUPCAKES COM AS AMIGAS

Bebel faz um cupcake como ninguém. Durante todo este ano ela esteve empenhada em aperfeiçoar a receita do bolo da tia Sinha, (minha prima da Bahia). É uma massa de bolo normal, mas leva leite de côco no lugar do leite, o que dá um toque todo especial no sabor e deixa propício a qualquer recheio. E desde que ela se mostrou decidida a estudar gastronomia, comecei a comprar muitos apetrechos pra ela (aqui no Brasil é inviável comprar utensílios gourmet… o ideal é comprar por internet em sites americanos ou chinês).

Foi algo muito íntimo e simples. Feito em meio a muito trabalho… (só tinha 1 semana pra planejar e executar e justo a pior semana do meu ano…) Qualquer um é capaz de montar uma festinha charmosa, rapidinho e sem muita dificuldade… 

Essa foi feita com muito papel kraft, tecidos de Cerquilho, rendinhas, papel de bandeja, padaria 15, padaria Humaitá, 2 mesas alugadas, 6 cadeiras emprestadas, bolos da Silvinha, cupcakes da Bebel, impressões da Pintdigital, fotografia da Lizzclick e muito amor!!!

Foi tudo pra você Bebel, minha menina… Disfrutem com ela! 

As piquititas… Mady e Lalá (prima e irmãzinha).

Já tinha 1 ano que a Liz tirou essas fotos… e eu ainda não montei o fotoálbum… e num é que deu um lindo painel!?!? Bem dentro do tema.

Pra confeitar…

Servindo em moldes de panetone. Prático e econômico. 

Sanduiches (mudar o papel, mudar o recheio) e pãeszinhos.

Muitas bolachinhas de chocolate…

Vinagrete picante, para os adultos.

O dia estava muito agradável… um clima perfeito!

A aniversariante fez 60 deliciosos cupcakes

Tecido e papel

Itubaínas retrô. (Aqui em Tatuí, no supermercado DIA sempre tem! E é na esquina da minha casa.)

Clube da Luluzinha.

Chantilly.

Olha a farra!!! Era uma euforia! 

E começaram as fotos!!!

Fazer festa é muito bom! Viu que fácil?
Foi inesquecível!!!

O presente – Facebook


Todas os amigos da minha filha, Elina Isabel, já tem Facebook. E isso já a alguns anos… Eu ainda não queria que ela tivesse… conversamos muito. Falava a ela: –Filha, você está aprendendo a se relacionar com as pessoas que você vê… não está pronta para conviver com quem você não vê. A internet é perigosa… é necessário muito cuidado. E blá, blá, blá.
Ela sempre entendia e consentia comigo, como boa menina que é… mas ouvia suas amigas conversarem sobre o que postaram no face, sobre um vídeo, sobre uma foto engraçada… e ela ficava com aquele olharzinho mucho, de vontade de participar dessa nova modalidade de relacionamentos e compartilhamentos da vida.
Meu coração de mãe dizia que não era hora. Ela está fazendo apenas 11 anos. O facebook não é para crianças!!! Mas, até quando conseguirei protegê-la do mundo? Até quando serei capaz de tapear com meus argumentos de mãe preocupada? 
Foi aí que decidi, na hora da festa, vou permitir formalmente, na frente de todas as suas amigas, que ela crie seu perfil no Facebook. E assim aconteceu. Ontem, em sua festinha de 11 anos (logo mais, detalhes aqui no blog), comuniquei a todas suas amigas que já poderiam add a Elina como sua amiga, também no Facebook
Foi uma gritaria (como já era de se esperar). E ela ficou feliz demais!!! Nem podia acreditar!
E eu estarei aqui, vigiando de perto, sempre que possível.